Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

No caminho da UPP do Alemão, o arsenal do tráfico

Rio - No dia em que foi reeleito, o governador Sergio Cabral anunciou que, entre os alvos do projeto de expansão das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) para 2011, está a pacificação do Complexo do Alemão. Uma operação que vai necessitar de cerca de 2 mil homens. O efetivo gigantesco dá a dimensão do tamanho do desafio do estado para retomar um terreno. Como até o secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, já admitiu, a região se tornou abrigo, justamente, de traficante refugiados de outras comunidades já ocupadas pelas UPPs. Consequentemente, as armas também se multiplicaram no local.

E é isso que revela um vídeo, ao qual O DIA teve acesso, feito ao longo deste ano no Morro da Fazendinha, em Inhaúma, durante quatro bailes funk realizados no meio da rua. Crianças até de chupeta, mulheres grávidas, idosos e jovens moradores são obrigados a conviver com o grupo armado até os dentes.

Nas quase três horas de gravação, os criminosos exibem 59 fuzis de modelos diferentes — a maioria calibre 7.62 — uma metralhadora e 32 pistolas, em um impressionante desfile bélico. Apesar de a filmagem ter uma legenda digital de 2007, o ano e o horário estão com registro errado. Fontes da Polícia Civil confirmaram que o vídeo foi gravado este ano.

Apontado pela polícia como o ‘quartel-general’ do Comando Vermelho (CV), o Complexo do Alemão tornou-se o principal reduto dos chefões da facção, especialmente, pela dificuldade de acesso. Em 2007 e 2008, foram apreendidas 394 armas no Alemão e no vizinho Complexo da Penha, dominado pela mesma quadrilha.

Em março de 2008, a região começou a ser beneficiada por obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), orçadas em R$ 827 milhões, numa parceria entre os governos federal e estadual. A Polícia Civil chegou a planejar uma megaoperação — 120 mil cápsulas para fuzil —, mas a ação acabou cancelada.

Grandes incursões na região não têm sido frequentes. Segundo investigações, bandidos de favelas onde há UPPs — como Cidade de Deus, Pavão-Pavãozinho, Dona Marta e Borel — se refugiaram no Alemão e na Penha. O governador também anunciou a pacificação da Rocinha, Maré e Manguinhos em 2011

Fonte: O Dia.

Blogueiro

Ainda vamos ter um atentado parecido com o que teve em São Paulo. Aqui no blog tem um documentário feito pelo Discovery Channel sobre o poder do tráfico. As autoridades sérias deste país primeiramente têm que combater os corruptos dentro do Congresso Nacional e demais instituições públicas.

Não é traficante de morro que tem poder pleno. Mas dão a eles poderes. Policiais, deputados, senadores etc. Estes dão poderes quando não cumprem com suas obrigações legais e, ainda, fornecem armas, meios de fugirem de delegacias etc. Mentira? Não, Brasil. É a nossa realidade.

O tráfico aqui está igual ao tráfico ocorrido na Itália nas décadas de 1980 . Lá ouve uma represália dos traficantes a um juiz que, conhecendo os bastidores da corrupção nos meios políticos, lutou bravamente para acabar com os traficantes e corruptos. Sofreu um atentado e, depois de sua morte, o povo italiano saiu as ruas para reivindicar combate aos corruptos e traficantes.

Assista:

São Paulo sob ataque.

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..