Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A trama do aquecimento global

Mais uma teoria da conspiração? Vejo comerciais e empresas oferecendo possibilidade de controlar ou amenizar o efeito estufa. Contudo não são todos os cientistas que são unanimes quanto ao fator ser humano influenciar no efeito estufa. O que se sabe com certeza é que a Terra está passando por mudanças geológicas e climáticas como aconteceu em outras épocas. As causas reais? Não se sabe ainda. Isso é fato.

Há empresas que prometem redução do efeito estufa com plantios de árvores como se cada árvore pudesse absorver os gases do efeito estufa, por exemplo, o CO2. É certo que os gases tóxicos produzidos pela industrialização desenfreada e faminta por lucros – daí o apelo ao consumismo – estão esgotando os recursos naturais do planeta, extinguido vidas, poluindo rios, solo, água e ar.

Fico abismado ao ver cenas de centenas de pessoas que ficam esperando a loja abrir para compra algo em promoção. Vi um que a promoção era papel higiênico. Mal abriram as portas e as pessoas corriam freneticamente ao ponto de jogarem outras no chão. O que dizer, então, sobre as bolsas renomadas, assim como relógios etc.

Não é o planeta que está doente, mas os habitantes transitórios chamados de seres racionais ou seres humanos.

Há outra verdade inegável: o eixo da Terra se verticalizou mais. O que se pode esperar disso? Mudanças na crosta terrestre e no clima planetário. Imagine uma bacia contendo água e uma pedra semimergulhada. Agora segure numa das extremidades da bacia e levante um pouco. O que mudou? Uma parte da pedra que estava submersa passa a emergir e vice-versa. Isso é um experimento fácil, mas é a realidade da Terra. Com o terremoto ocorrido na Ásia e os tsunamis como resultados o mundo ficou perplexo diante da força das águas. Indo mais. Se o eixo da Terra sofreu mudanças os polos magnéticos da Terra também sofrerão mudanças. Com isso as bússolas serão afetadas, os aviões etc.

O que, então, nossos políticos devem fazer?

A começar por planos efetivos de monitoramento quanto aos efeitos climáticos e avisar a população local com antecedência.

Conscientizar o povo quanto à importância de não jogar lixo nas ruas.

Tirar os moradores de encostas e locais de risco.

Começar a condicionar alimentos em silos protegidos que possam ser retirados e transportados eficientemente para os locais de desastres.

Diminuir os gastos com festividades populares que gastam milhões e que poderiam ser canalizadas para emergências como acontecido na Região Serrana.

O controle do povo sobre os políticos corruptos que lavam dinheiro e retiram os bens do solo brasileiro para outros países.

Criar planos de evacuações eficientes, isto é, treinar a população em caso de enchente, deslizamento, terremoto.

Diminuir os desperdícios em relação à água e alimentos.

Distribuir mais coerentemente as riquezas nacionais – o Brasil é o terceiro em má distribuição de riquezas. Com a distribuição cada cidadão poderia ter meios de procurar melhores condições locais, comprar mantimentos.

Começar a monitorar com mais ênfase as ondas eletromagnéticas para evitar interferências indesejáveis na aviação, por exemplo.

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..