Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Forçado Aborto na China: após o escândalo on-line As autoridades agora se desculpam

Roma, 15 de junho de 2012 - As autoridades locais chinesas apresentaram suas desculpas à mulher sofrer um aborto, no sétimo mês de gravidez e suspendeu três pessoas responsáveis ​​pelo que aconteceu.

A questão tinha sido denunciada por organizações de direitos humanos, que tinham apontado o dedo para as autoridades da província de Shaanxi, argumentando que o Feng Jianmei seria forçado a terminar a sua gravidez por não ser capaz de pagar a multa por não ter cumpriu com a política do filho único.  Em seguida, apareceu na internet foi a fotografia da mulher deitada em uma cama de hospital ao lado do feto, o que provocou a raiva e a indignação dos usuários.

De acordo com a agência de notícias Xinhua informou, e a autoridade da cidade de Ankang decidiram suspender três pessoas após uma investigação inicial sobre o que aconteceu, e eles também pediu ao governo do condado de rever suas políticas para a família.  Ontem à noite, além disso, as autoridades locais pediram desculpas à Feng, 27, e sua família. Já a mãe de uma criança, a mulher tem um aborto em 2 de junho do ano passado.

FONTE: lanazione

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..