Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Nápoles, sexo na rua é a nova moda entre os jovens

Sesso in strada a Napoli

O fenômeno é especialmente popular entre os jovens. Os mais populares são os bancos das praças ou jardins, mas também existem aqueles que se reuniram no cemitério.

É chamado de "sexo ao ar livre", o novo fenômeno que está se espalhando tão rápido em Nápoles, acendendo muita controvérsia. Este é o sexo na rua, praticada principalmente por jovens nos bancos da cidade.

Já no ano passado  os primeiros casos foram relatados às autoridades da cidade, como a de dois meninos que haviam tido relações sexuais nas rochas da Via Caracciolo em plena luz do dia. Mas agora a tendência tornou-se uma verdadeira moda com o qual se trata de um diário "Terra" ecologista especial na edição atual quinta-feira.Na prática, não são vagabundos ou bêbados, mas sim pessoas jovens que se reúnem através de sites de Internet ou decidir ficar juntos no final de uma noite sem preocupações.Os locais escolhidos são as praças da cidade, especialmente se equipado com bancos e jardins pequenos na grama. Mas não só o centro da cidade para se tornar o teatro de desempenho desses exibicionistas: mesmo cemitério de Santa Maria Capuavetere se tornou um lugar de nomeações.

Leia mais em Pergunte ao BILAU

This work is licensed under a Creative Commons license.

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..