Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Russos têm investido no exterior 151,7 bilhões

image

No ano passado, os russos têm investido no exterior 151,7 bilhões. A maioria na Suíça -. 49,3 bilhões de dólares, Áustria (21,2 bilhões de dólares.) Aqui Sberbank comprou Volksbank Internacional ganhando, assim, as tropas de uma só vez em oito países da Europa Central e Oriental

O terceiro é Chipre (quase 20 bilhões de dólares.). É o lar de muitas empresas russas, incluindo grandes corporações e oligarcas empresas Gazprom. Outras direções de investimento (ou de transferência de dinheiro da Rússia) é a Holanda, Belarus, Grã-Bretanha, em que vivem os oligarcas russos como Roman Abramovich e que fogem da justiça como o Baturin ricos e Elena, Andrei presidente Borodin ex-Banco de Moscovo procurou mandado de prisão. Russos "investir" em paraísos fiscais - Kits St e Newis e das Ilhas Virgens ou no Luxemburgo.

Na Europa, nos anos de 2005-2008 as empresas privadas a investir mais oligarcas. Metalúrgica empresa Sieverstal (Alexei Mordashov) comprou ações da italiana Lucchini SpA (1,8 bilhões de dólares.). O maior banco privado Alfa Group (Mikhail Fridman) - Iletisim Turkceell comprou turco e alumínio Rusal gigante (Oleg Deripaska) - As ações do maior operador de commodities no mundo - o grupo suíço Glencore (com 8,5 bilhões de dólares.).

A Lukoil gigante de combustível tem refinarias de petróleo na Holanda, Bulgária, Roménia e Ucrânia. Network (Bélgica, Finlândia, República Checa, Hungria, Eslováquia, Croácia, Bulgária e Polónia), mais de 450 postos de gasolina. No final de 2011 comprou r ISAB complexo de refinaria na Sicília.

Rosneft 1,6 bilhões para a metade das ações adquiridas na Alemanha Ruhl Oel - com quatro refinarias.

Partes Gazprom NIEFT comprou em 2008, 51 por cento. Sérvia NIS, a Gazprom comprou no ano passado Envacom - fornecedor alemão de energia elétrica. A Rosatom - fabricante e construtor de usinas Sacs - investe em empresa alemã Nukem. Zarubeżneft em 2007 comprou a refinaria em Bosanski Brod, na Sérvia, que também tem uma rede de postos de gasolina nos Balcãs.

Crescer Em janeiro, a empresa comprou 25 por cento. ações da fabricante britânica de alta tecnologia Plastic Logic. Em março, a Summa grupo pagou 160 milhões de dólares. por 61 por cento. OKZ partes - produtor checo de recipientes de gás para os terminais portuários.

Os russos podem fazer negócios na Europa. Dois anos atrás, ele comprou 21 por cento dos Surgutneftegaz. ações da MOL Hungarian combustível preocupação. Vendido para o governo em Budapeste, ganhando 480 milhões de dólares.

Wiadomości | wiadomości tv.rp.pl, informacje, ekonomia, prawo | rp.pl

This work is licensed under a Creative Commons license.

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..