Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Preso ex-chefe da polícia de Wang Lijun

imagePEQUIM - Um tribunal chinês prendeu o ex-chefe da polícia de Wang Lijun por 15 anos na segunda-feira depois de encontrar o culpado em quatro acusações, inclusive buscando esconder o assassinato de um homem de negócios britânico, em um escândalo que derrubou o político ambicioso, Bo Xilai.

O tribunal de Chengdu, no sudoeste da China, disse Wang recebeu a sentença de "dobrar a lei para fins egoístas, a deserção, abuso de poder e suborno-taking", de acordo com a agência de notícias estatal Xinhua.

O tribunal considerou que Wang, o antigo chefe da polícia do município de Chongqing, no sudoeste da China, tentou encobrir o assassinato de um empresário britânico Neil Heywood em novembro de 2011 por Gu Kailai, a esposa de Bo, um dos políticos mais controversos da China.

Com Gu já preso, e Wang agora juntar a ela, o Partido Comunista deve próxima decidir o que fazer com Bo, cuja controversa queda tem perseguido uma liderança entrega deverá ter lugar num congresso do partido já no mês seguinte.

Wang selou seu destino em um julgamento de uma semana atrás, admitindo as acusações, de acordo com um relatório oficial da audiência publicado pela agência de notícias Xinhua.  Somente tomadas oficiais de mídia foram autorizados dentro do tribunal.

As principais acusações resultam de uma cascata de eventos desencadeados por assassinato de Heywood.  Autoridades disseram que o assassinato em si surgiu de uma disputa comercial em Chongqing, município ribeirinho que Bo e Wang fez em seu feudo.

Após a primeira ajudando Gu fugir suspeita de envenenamento por Heywood, Wang então mantidos evidências do assassinato, de acordo com o relato oficial do julgamento de Wang.  No final de janeiro, Wang Bo confrontado com a alegação de que Gu foi suspeito de matar Heywood.  Mas Wang foi "repreendido com raiva e teve suas orelhas em caixa".

Dias depois, Bo Wang despojado de seu cargo de chefe de polícia de Chongqing, e Wang, temendo por sua segurança, fugiu para o consulado dos EUA em Chengdu, onde ele se escondeu por mais de 24 horas até que as autoridades chinesas persuadiu-lo.

Em agosto, a Gu foi condenado a uma sentença de morte suspensa, o que na prática significa a vida na prisão.

O governo chinês não disse o que vai acontecer com Bo, que em março foi demitido do cargo de chefe do partido e, em abril suspenso Politburo do Partido Comunista, um conselho de tomada de decisão poderoso, com duas dezenas de membros ativos.

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..