Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Sobre futuras manifestações contra a copa do mundo

Brasil Progresso – De nada adianta fechar ruas, quebrar vidros, atear fogo, pois o problema está lá no moderno Palácio de Versalhes, que se chama Congresso Nacional. É lá que se devem concentrar as manifestações na casa do povo. Não podemos esquecer que um dos graves problemas em nosso país é o piso salarial, que já é uma violação ao artigo 7°, IV, da CF. Outro absurdo é os subsídios dos agentes públicos políticos - tirando as "ajudas" gasolina, terno etc. - em comparação com as condições de vidas de milhões de brasileiros, sim, miseráveis. A nova classe média é uma piada macabra. Onde já se viu dizer, quando comparada com a classe média antes de 1988, que o povo melhorou em sua qualidade de vida, se não há esgoto canalizado, água canalizada e potável, ruas asfaltadas, estabelecimentos públicos de ensino adequados e eficiente? Isso é classe média? Só para inglês ver, e rir.

Proponho manifestações em Brasília pedindo que os parlamentares tenham as mesmas condições econômicas, de trabalho e físicas iguais as dos parlamentares da Suécia - procurem na web sobre isto. O que temos em nosso país é uma falácia sem pretendentes no Brasil: o Estado é democrático, mas os políticos se comportam como absolutistas; o populismo é disfarçado através do assistencialismo social do Estado à nação, pois, diante das riquezas que se há no Brasil - somos um dos maiores produtores de grãos mundialmente, somos o país com a maior reserva de água doce e blá-blá-blá - é inadmissível ver grande parte dos brasileiros sem água, sem os grãos em suas refeições, só para citar estes entre milhares de violações de direitos humanos. Ah! Frutas, quem come diariamente e se dá ao luxo de ter variedade? O que digam os aparados pela Bolsa Família.

Os problemas são muitos, e não se pode perder a razão. Temos problemas seriíssimos, com a (in)segurança pública, onde o Estado democrático de direito não tem forças contra o Estado ditador dos narcotraficantes, com a má distribuição de renda, com a mentalidade vigente de darwinismo social, com os psicopatas  que se aproveitam do caos e cometem desde estelionatos, improbidades administrativas, até homicídios  qualificados - não pense que ser psicopata é necessário ser serial killer.

Alfred Adler, com sua psicologia individual, mostrou o quanto é importante a educação nas vidas das crianças - não a educação fascistas, nazista - para que estas tenham desenvolvimento psíquico não neurótico e, por sua vez, a sociedade não se transforme em palco de horrores. Mas o que se faz no Brasil, justamento o inverso. As instituições públicas, e por que não dizer as privadas também, de ensino não formam pessoas civilizadas, mas, apenas, desenvolvem as inteligências das crianças para serem "bons profissionais", afinal o Brasil tem que crescer economicamente, mesmo que se iguale a China e suas violações aos direitos humanos, dos trabalhadores, dos presidiários etc.

Mas quem está, especificamente, preocupado com a educação no Brasil? Afinal, aprovação automática mostra ao mundo o quanto o Brasil está "evoluindo". A história brasileira não muda, mas os políticos sim, apesar das mesmas mentalidades.

"Fracassei em tudo o que tentei na vida. Tentei alfabetizar as crianças
brasileiras, não consegui. Tentei salvar os índios, não consegui. Tentei fazer
uma universidade séria e fracassei. Tentei fazer o Brasil desenvolver-se
autonomamente e fracassei. Mas os fracassos são minhas vitórias. Eu detestaria
estar no lugar de quem me venceu".( DARCY RIBEIRO )

"O Brasil cresceu visivelmente nos últimos 80 anos. Cresceu mal, porém. Cresceu
como um boi mantido, desde bezerro, dentro de uma jaula de ferro. Nossa jaula
são as estruturas sociais medíocres, inscritas nas leis, para compor um país da
pobreza na província mais bela da terra. Sendo assim, no Brasil do futuro, a
maioria da gente nascerá e viverá nas ruas, em fome canina e ignorância figadal,
enquanto a minoria rica, com medo dos pobres, se recolherá em confortáveis
campos de concentração, cercados de arame farpado e eletrificado.
Entretanto, é tão fácil nos livrarmos dessas teias, e tão necessário, que dói em
nós... A nossa conivência culposa".( DARCY RIBEIRO )

Ah! Cuidado com os "salvadores" da pátria, pois podemos ter dissabores piores. Lucidez é preciso diante dos que querem caos, dos que querem, realmente, a prevalência de um Brasil melhor para todos.

"Cuidado com o líder que rufa os tambores da guerra para urgir os cidadãos
em fervor patriótico, pois o patriotismo é realmente uma espada de dois
gumes. Ele tanto encoraja o sangue, como também encolhe a mente. E quando
os tambores da guerra alcançam uma tensão e o sangue ferve com ódio e a
mente se fecha, o líder não terá necessidade de assumir as obrigações de
cidadão, que infundidos com medo e cegados pelo patriotismo, oferecerão
todos os seus direitos para o líder com satisfação. Como vou saber? Por isso,
já basta. E eu sou Júlio César. " [ Julius César ]

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..