Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Rachel Sheherazade "Adote um Bandido"

Brasil Progresso – A âncora do SBT Brasil causou manifestações sobre seu comentário “adote um bandido”. Em resposta, a âncora disse que é contra a violência, mas defende o direito do cidadão idôneo de se defender, o que é um direito Constitucional (direito à vida) e preconizado na Código Penal (legítima defesa e estado de necessidade). A jornalista ainda ironizou os defensores dos direitos humanos.

Mas no entender de muitos contrários ao comentário da jornalista foi violação aos direitos humanos, principalmente em se tratando de adolescente, mesmo que seja marginal.

Brasil Progresso sempre relatou a omissão do Estado sobre o problema da violência e sua inércia diante do poderia do Estado paralelo dos narcotraficantes. Os presídios não ressocializam, mas permite o afloramento de quem tem tendências a psicopatia.

Leia:

Clínica Medicina do Comportamento

Pesquisador se descobre psicopata ao analisar o próprio cérebro - BBC Brasil – Notícias

Pelas pesquisas científicas todos os seres humanos têm tendências sociopatas. A educação (nazista ou aos direitos humanos) tem forte fator no desenvolvimento do ser humano (http://www.bbc.co.uk/.../131223_psychopath_inside_mv.shtml). No Brasil sabemos quão forte foi o darwinismo social. Os antigos guetos eram formados por pessoas ditas "inferiores". Os novos guetos são os condomínios de luxo com toda segurança e conforto, de forma que a exclusão social cada vez mais se acentua. A marginalidade atual, as grandes facções criminosas surgiram durante a ditadura militar onde presos políticos treinavam os presos comuns a se vingarem do Estado, nascia o Comando vermelho.

Somado ao assistencialismo social do governo federal (pão e circo), quando comparamos os altíssimos subsídios frente ao piso salarial nacional (artigo 7°, IV da CF/1988), se vê claramente que vivemos um Estado absolutista. As prisões não ressocializam, mas despertam os psicopatas latentes. E vemos não só nas prisões, mas, por exemplo, na apatia cotidiana no trânsito brasileiro como o ato de dirigir embriagado e invocar o direito Constitucional de se recusar a fornecer provas contra si mesmo.

Quando criança, não é impossível reverter a situação para que o delinquente juvenil venha a se ressocializar, mas quando adulto, as possibilidades diminuem drasticamente. "Eduque as crianças para não punirem os adultos".

Se a educação fosse o norte a ser seguido e a profilaxia aos delinquentes, então não há o porquê de se ter criminosos nos EUA. A maioria dos assassinatos por armas de fogo se deve por ex-militares ou militares - o programa de treinamento americano prepara um soldado para os combates em seis meses de treinamento, um dos mais rápidos do mundo, em compensação retornam com problemas psiquiátricos.

E na Suíça onde as armas são largamente presenciadas nas casas de todos os cidadãos? Educação presente a todos. O O SOLDATENBUSCH
(Livro do soldado) é um "Manual do Cidadão" onde se encontra ensinamentos importantes sobre cidadania, a importância da democracia, a importância da arma na defesa de seus valores, sem atentar contra a vida alheia. E no Brasil? Há educação voltada a socialização ou ressocialização? Claro que não.

Em primeiro instante a jornalista Rachel Sheherazade  foi infeliz em sua declaração, mas por não ser minuciosa. Jornalismo precisa ser muito bem destrinchado já que há milhões de telespectadores. Na sua segunda versão justificou, o que é um direito constitucional. Em qualquer caso, delinquente precisa de tratamento humano, pois só por sua existência humana necessita de ajuda – alguns entendem paparico, mas não é isto. Pena de morte, prisão perpétua são os últimos meios a serem usados, principalmente quando o sistema sociopolítico é falho desde os primeiros anos de vida de uma criança. Ou seja, pena de morte e prisão perpétua muitas vezes são usados pela ineficiência do ser humano em atacar os reais problemas: darwinismo social e eugenia, que se traduzem em narcisos.

Se Alfred Adler fosse vivo, o pai da psicologia individual,o criador do termo complexo de inferioridade, na infantil, como declararia a educação sociopolítica no Brasil?

E o que diria um dos maiores sociólogos brasileiros que o Brasil já teve?

"Fracassei em tudo o que tentei na vida. Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui. Tentei salvar os índios, não consegui. Tentei fazer uma universidade séria e fracassei. Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei. Mas os fracassos são minhas vitórias. Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu".( DARCY RIBEIRO )

"O Brasil cresceu visivelmente nos últimos 80 anos. Cresceu mal, porém. Cresceu como um boi mantido, desde bezerro, dentro de uma jaula de ferro. Nossa jaula são as estruturas sociais medíocres, inscritas nas leis, para compor um país da pobreza na província mais bela da terra. Sendo assim, no Brasil do futuro, a
maioria da gente nascerá e viverá nas ruas, em fome canina e ignorância figadal,enquanto a minoria rica, com medo dos pobres, se recolherá em confortáveis campos de concentração, cercados de arame farpado e eletrificado.
Entretanto, é tão fácil nos livrarmos dessas teias, e tão necessário, que dói em nós... A nossa conivência culposa".( DARCY RIBEIRO )

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..