Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

terça-feira, 29 de abril de 2014

Missão Pedagógica no Parlamento está com inscrições abertas professores dos ensinos fundamental e médio

Estão abertas as inscrições para a quarta edição do Missão Pedagógica no Parlamento. O programa é uma capacitação em educação para democracia exclusiva para professores dos ensinos fundamental e médio de escolas públicas, conduzida pela Câmara dos Deputados.

Para participar, o professor deverá antes realizar o curso a distância "Educação para Democracia e o Parlamento". Serão disponibilizadas oito vagas por estado, totalizando 216 vagas.

A inscrição pode ser feita até 16 de maio, por formulário eletrônico, e as vagas serão preenchidas por sorteio, também eletrônico. Caso não haja inscritos para todas as vagas de determinado estado, estas serão remanejadas para outros estados da mesma região, priorizando aqueles com maior número de habitantes.

Participarão do programa Missão Pedagógica no Parlamento os 54 professores com melhor desempenho no curso.

Requisitos

Para participar do curso, o professor precisa estar trabalhando como regente dos ensinos fundamental ou médio em escola pública. Também é necessário apresentar o termo de ciência e recomendação da escola e não ter participado de nenhuma edição anterior do programa Missão Pedagógica no Parlamento.

O programa está dividido em duas unidades: Encontro Presencial e Módulo de Aplicação.

O Encontro Presencial - de 31 de agosto a 6 de setembro, em Brasília - será de 40 horas, com os seguintes temas:

• noções sobre democracia, representação e confiança;

• introdução e problematização sobre o processo legislativo;

• introdução ao tema "participação do cidadão";

• desenvolvimento e problematização sobre conceitos de educação para democracia e letramento político;

• desenvolvimento e problematização sobre o papel da escola para a formação democrática e cidadã; e

• conceitos e experiências de projetos pedagógicos de intervenção.

Já o Módulo de Aplicação, a distância, terá 50 horas para construção e aplicação de projetos pedagógicos de intervenção em educação para democracia.

Mais informações no edital do programa.

Fonte: Câmara dos Deputados

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..