Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

domingo, 28 de setembro de 2014

Depois dos debates entre candidatos, juro bancário de pessoa física tem primeira queda do ano

Brasil Progresso - Os debates dos candidatos às eleições de 2014 têm sido proveitosos e esclarecedores, em alguns momentos. O candidato Levy Fidelix é candidato ao cargo de Presidente da República pelo PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro) e tem colocado ênfase sobre os juros bancários exorbitantes, que faz o povo ficar escravos dos banqueiros. Levy também discurso, com boa entonação para ninguém dizer que não ouviu, que o problema do Brasil, entre tantos, é no poder dado aos banqueiros, que minam a economia brasileira. Querendo ou não, os juros bancários para pessoas física sofreu a primeira queda neste ano.

Os superendividados representam o resultado de uma economia de faz de conta. Os apelos emotivos do Governo Federal para o povo consumir gerou uma multidão de desesperados atrás de solução para sua condução de escravo: trabalhar para pagar os juros dos empréstimos.

A maioria dos cidadãos brasileiros - a antiga classe média e a nova classe média - estão endividados até o pescoço. Com um salário mínimo vergonhoso [fere os direitos humanos dos proletariados], as promessas de fartura [esmolaria] soou agradável aos cidadãos que sempre tiveram o mínimo do mínimo. O consumismo deslanchou entre a nova classe média - a antiga classe média já estava endividada -, mas a lançou no caldeirão do inferno.

Antes do "pão e circo", da fartura para todos, o 13° salário servia para colocar na poupança, atualmente é para poder pagar parte das dívidas contraídas com as instituições bancárias. Os bancos brasileiros arrecadam quantias dignas de países de primeiro mundo, ao custo da condição da incivilidade: os clientes perdem suas dignidades e muito dos seus bens.

As atratividades das publicidades bancárias são maravilhosas armadilhas aos consumidores vorazes e iludidos pela "bem-aventurança" das políticas do governo Federal. Todos felizes, com aquisições novas: casa própria, até que se consiga quitar, com muito sacrifício, as parcelas; carro novo, que é caríssimo em relação a muitos países vizinhos, além disso, há a manutenção constante pelas precárias condições das vias públicas, o pagamento do seguro DPVAT - e não se esquecendo de que há os "flanelinhas".

A promessa de "pão e circo consumismo e prosperidade" cativam os incautos, lançando-os, depois, em tormentos psicológicos cruéis. O Brasil não é um país de Primeiro Mundo, mas tem doença de país de Primeiro Mundo, no caso, a depressão. O povo brasileiro está muito doente, e assim continuará, enquanto houver políticas eleitoreiras.

 

 

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..