Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

A balança na imprensa na atualidade brasileira

Brasil Progresso - Desde a promulgação da atual Constituição Federativa Brasileira, de 1988, a imprensa vem se fortalecendo no país. Claro que a passos cautelosos, mas vigorosos. A primeira grande aplicabilidade do direito de expressão e devesa da imagem aconteceu quando o então candidato à eleição, Leonel Brizola, consegui o direito de resposta na Rede Globo de Televisão.

A Lei de Imprensa, uma mordaça para a liberdade de imprensa, não encontrou agasalho na CF/1988, graças a atuação independente do STF, o guardião da CF. O que se vê atualmente, na rede mundial de comunicação, a internet, é uma guerra de ideologias e defesas. A Revista Veja tem atacado o PT, mas há sites, como Fórum, Carta Capital, que estão defendendo o PT, ou pelo menos mostrando os excessos delirante da Veja!

A democracia é isso, a liberdade de informação, mesmo contrariando grupos, pois, assim,os cidadãos podem obter, saber e discernir. Quando há meios de comunicações limitados, os cidadãos não conseguem saber das opiniões contrárias, ou informações apenas ao gosto do informante. Um dos maiores passos definitivos à liberdade de impressa foi a decisão do STF sobre a obrigatoriedade de aquisição de diploma universitário para exercer jornalismo no Brasil - lei a posição de Brasil Progresso aqui.

Somente em países ditatoriais se exige o diploma universitário para exercer jornalismo. E o Brasil, alguns brasileiros, não querem a liberdade total, mas monopólio. O STF já deu seu parecer, mas ainda há associações de jornalistas que querem, pasmem, contrariá-lo. Sim, a democracia no Brasil é algo subliminar. Caso seja exigido o diploma universitário para o exercício profissional de jornalista, muitos blogs e sites conceituados poderão fechar, ou ter suas atuações reduzidas. 

Lembrando que com a decisão do STF, muitos blogs e sites foram criados, o que proporcionou oportunidade de escolha, isto é, liberdade de ter mais meios de comunicações sem ser os tradicionais.

 

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..