Nossos livros digitais: Direito do consumidor, sociologia, política etc. Amazon [clique aqui para acessar], um dos sites mais conceituados em livros digitais. Os livros são de minha autoria.


POLÍCIA FEDERAL: SAIBA COMO DENUNCIAR. ACESSE AQUI.

domingo, 30 de novembro de 2014

Parlamentares querem aumento de R$ 10.000,00. Eles mesmo que aumentam seus salários.

Brasil Progresso – Numa demonstração cristalina de conduta absolutista, os parlamentares, que se dizem amigos e defensores das causas do povo (Argh!) pretendem – e vão; quem duvida? – aumentar seus mingados salários.

O Brasil vive uma bonança em todos os territórios. O povo está felicíssimo com o piso salarial nacional. A cesta de natal de 2014 será – eu acredito em Papai Noel – um das melhores, desde o tempo de Pedro Álvares Cabral. Nada mais compreensível  o aumento exigido pelos parlamentares, afinal, eles representam o povo brasileiro, não param de trabalhar por nada, transformam a vida do povo em oásis de felicidade.

Fico pensando o quanto de inveja têm os cidadãos da Suécia. Lá os parlamentares não ganham os supersalários que aqui os nossos ganham. O povo de lá é que manda nos parlamentares. Aí daquele que resolver desafiar o povo com aumentos abusivos em seus salários.

Mordomia aos parlamentares suecos? Para eles é algo surreal. Motorista particular, assessores e secretárias para os parlamentes: vergonha, imoralidade. Pois quem paga é o povo, e o povo (sueco) não quer isso, e não permite. Até os próprios políticos – acreditem - ficam envergonhados, caso algum parlamentar queira um motorista particular.

Sim, a Suécia não é aqui (Brasil)! O Brasil aboliu a escravidão negra. O Brasil passou a escravizar a todos, para o bel prazer dos soberanos absolutistas.

Onde está o Princípio da Isonomia na CF/1988?

This work is licensed under a Creative Commons Attribution Non-commercial No Derivatives license.Permissões além do escopo desta licença Creative Commods 3.0 podem estar disponíveis em: http://www.transitoescola.net A cópia é permitida, desde de que cite este site / blog (colocar URL). A não ser de fontes replicadas, que podem ser modificadas, comercializadas, de acordo com suas respectivas licenças.

Imprima ou salve em PDF

Sobre o Autor:
Humanista que contribui para a efetiva aplicação do artigo 3°, da CF/1988; (objetivos fundamentais), do artigo 5°, da CF; (Direitos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana), do artigo 37 (princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência; principalmente sobre a moralidade administrativa) da Constituição Federal de 1988; e Tratados Internacionais sobre Direitos Humanos e Garantias Fundamentais da Pessoa Humana dos quais o Brasil é signatário. NÃO HÁ DIGNIDADE HUMANA NUMA NAÇÃO QUANDO A MAIORIA DO POVO NÃO TEM QUALIDADE DE VIDA SEJA POR: SALÁRIO MÍNIMO QUE NÃO ATENDE AS NECESSIDADES BÁSICAS (art. 7°, IV, da CF); ESCASSEZ OU AUSÊNCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA (art. 144, da CF); SERVIÇOS PÚBLICOS INEFICIENTES (LEI Nº 8.987, DE 13 DE FEVEREIRO DE 1995); IMORALIDADE DOS AGENTES POLÍTICOS (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992); DOENÇAS PROVOCADAS POR PRECARIEDADE NA INFRAESTRUTURA DE SANEAMENTO BÁSICO (LEI Nº 11.445, DE 5 DE JANEIRO DE 2007); OMISSÃO, NEGLIGÊNCIA DAS AUTORIDADES PÚBLICAS QUANTO AO USO INDISCRIMINADO DE AGROTÓXICOS NA ALIMENTAÇÃO HUMANA (LEI Nº 7.802, DE 11 DE JULHO DE 1989); VOTAÇÃO SECRETA DE PARLAMENTARES PARA ABSOLVER AGENTE POLÍTICO CORRUPTO..